Roteiro da trilha da Cachoeira da Serra do Mendanha – RJ

Tempo de leitura: 3 minutos

Roteiro da trilha da Cachoeira da Serra do Mendanha - RJ - Vamos Trilhar

Quer um ótimo lugar para se refrescar no Rio de Janeiro além das praias? Saiba que existem muitas cachoeiras na cidade e algumas ainda não são tão conhecidas assim. Esse é o caso da Cachoeira da Serra do Mendanha e nesse post você vai aprender como chegar até ela e fazer a sua trilha.


Ficha Técnica

Localização: Parque Municial da Serra do Mendanha – Campo Grande, Rio de Janeiro, RJ.

Dificuldade: Passeio – Nível 2 (entenda o que isso significa – http://bit.ly/1OS9Cad)

Tempo: Aproximadamente 1 hora.

Atrativos: Cachoeiras.

VEJA O VÍDEO DA CACHOEIRA DA SERRA DO MENDANHA

Como chegar ao início da trilha?

Como chegar ao início da trilha da Cachoeira do Mendanha - Vamos Trilhar

Não é uma tarefa muito fácil chegar até o início da trilha para a Cachoeira da Serra do Mendanha, você não consegue encontrar muitas informações na internet e as que encontra estão meio confusas. Para chegar até lá é preciso ir pela Avenida Brasil até o Parque Estadual do Medanha, que fica dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) do Gericinó-Mendanha. A trilha é dentro uma área de mata fechada.

A trilha para a cachoeira

Entrada da trilha da Cachoeira do Mendanha - Vamos Trilhar

Uma vez que você chegou na bifurcação da Estrada Abílio Bastos, deverá seguir o caminho da esquerda e começar a subir pela rua durante uns 10 minutos aproximadamente. Você chegará no ponto de início da trilha, que não está bem sinalizado e as placas estão praticamente todas pichadas. Andando um pouco mais pra frente reparará que tem uma corrente e uns vergalhões de ferro fincados na terra, basta passar por eles normalmente e seguir a trilha.

Trilha da Cachoeira do Mendanha é bem marcada - Vamos Trilhar

A trilha é bem marcada, mas não é bem sinalizada. Isso significa que o caminho está bem definido, mas não tem placas indicando para onde tem que ir. O terreno é bem acidentado e você fará muitas subidas em raízes e pedras durante todo o percurso.

Bifurcação na trilha da Cachoeira do Mendanha - Vamos Trilhar

Com pouco tempo de trilha, você vai encontrar uma bifurcação. Seguindo em frente você vai para o caminho errado. O caminho certo é o da esquerda, que é uma subida um pouco íngreme inicialmente por pedras, mas depois na terra mesmo.

Descida para chegar na Cachoeira do Mendanha - Vamos Trilhar

Depois de aproximadamente 35 minutos desde o início da trilha, vão acabar os trechos de subida e agora basta seguir o caminho ouvindo a queda d’água e se preparando para tomar aquele banho de água gelada.

Quedas d’água da Cachoeira da Serra do Mendanha

Cachoeira do Mendanha muito cheia - Vamos Trilhar

Logo quando você chega, já vê três poços, um menor e outros dois maiores sendo que em algumas partes chega a não dar pé. Nesses dois maiores você tem a opção de brincar de escorrega nas pedras, tem até uma corda para você subir de novo depois. Geralmente, essa parte é onde fica mais cheia, principalmente aos finais de semana.

Queda d'água da Cachoeira do Mendanha - Vamos Trilhar

Se você quer curtir a cachoeira, mas quer ficar um pouco mais isolado não tem problema. Mais abaixo tem a maior queda, de aproximadamente 30 metros de altura, onde o pessoal geralmente faz rapel. Ela é linda demais e acredite, ela não fica muito cheia. Acho que o pessoal fica com preguiça de fazer mais uma trilha com descida e depois ter que subir tudo de novo.

Grande poço na Cachoeira do Mendanha - Vamos Trilhar

Além disso, mais pra cima das três quedas iniciais, ainda tem outras duas. Eu cheguei só até a primeira e tinha um poço mais fundo onde as pessoas pulavam da pedra para a água. Para chegar até lá subimos o rio pelas pedras mesmo.

Escorrega na Cachoeira do Mendanha - Vamos Trilhar

Aproveite bastante, mas leve repelente para não voltar cheio de picadas de mosquito. Na volta basta seguir o mesmo caminho. Acho que essa é a parte mais dolorosa, pois você sabe que depois não vai ter uma água gelada te esperando. Uma boa pedida é passar depois no Cantinho da Tia Jó para comer a famosa Costela no Bafo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *